August 8, 2014
p

Estado finalmente comparticipa medicação anticoagulante oral

Boas notícias! A medicação anticoagulante oral é finalmente comparticipada pelo Estado Português, medicamentos estes que até à data eram suportados a 100% pelos doentes. Estes medicamentos vêm ajudar os portugueses que sofrem, entre outras doenças, de fibrilhação auricular que afeta 6 milhões de pessoas na Europa, e é responsável por aproximadamente 15% dos 15 milhões de AVCs que ocorrem por ano a nível mundial. CC  
July 13, 2014
images

Campo de férias ajuda jovens diabéticos

A Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) realiza este ano a  17ª edição do campo de férias para jovens com diabetes entre os 13 e os 17 anos, entre os dia 13 e 18 de Julho. Este ano o campo de férias vai ser em Seia na Quinta do Crestelo, e prevê a presença de 24 jovens que vão aprender a melhorar o seu quotidiano, gerindo melhor os seus níveis de glicemia tanto pelo exercício físico, como pela alimentação e optimização da terapêutica. A união destes jovens vai ser também importante para uma partilha de vivências e falarem um […]
July 11, 2014
im311

Tratamentos cardíacos pouco invasivos não chegam a todos

A estenose aórtica grave é uma doença cardíaca que afeta um em cada 15 portugueses com mais de 80 anos. O tratamento por técnica minimamente invasiva da estenose aórtica grave é, na maioria das vezes, inacessível aos mais velhos, estando Portugal mais uma vez longe dos padrões europeus. Esta é uma doença associada ao envelhecimentos, caracteriza-se por um aperto na válvula aórtica o que dificulta a passagem do sangue, provocando cansaço, dor no peito e desmaios. O tratamento passa por implantar uma válvula nova através de cirurgia por técnica minimamente invasiva (implante percutâneo), que através de um pequeno tubo introduzido […]
June 25, 2014
images

Chamam-lhe a “Super-Banana”

Um projeto financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates pretende, em 2020, fazer colheitas em Uganda de bananas geneticamente modificadas, a fim de combater a desnutrição. O objetivo é combater a cegueira motivada pela carência extrema em vitamina A e a desnutrição dos países subdesenvolvidos. Para alcançar esse objetivo, algumas universidades americanas e australianas criaram uma banana geneticamente modificada, onde se aumentou alguns micronutrientes ricos em vitamina A, de desenvolvimento rápido, que possa ser plantada pela população rural. A questão que se coloca é….  Serão os alimentos geneticamente modificados a resposta para a fome mundial? Fonte: Jornal SOL. CC