LIVRE TRÂNSITO

O REGIME ALIMENTAR BAIXO EM FODMAP

A barriga inchada, as cólicas, as digestões difíceis, os gases ou a obstipação fazem parte do seu quotidiano?

Provavelmente os alimentos que consome não são os mais indicados para si. Mas como descobrir quais os que o afetam de forma negativa e condicionam o seu bem-estar?

Simples: seguindo a dieta baixa em FODMAP (hidratos de carbono fermentáveis). Durante 6 semanas, exclui da sua alimentação um conjunto de alimentos e depois, semanalmente, reintroduz grupos de alimentos que contêm FODMAP para perceber quais os hidratos de carbono que o seu corpo tolera. À medida que vai inserindo os alimentos-teste, vai registando os seus sintomas para que, no final da segunda fase da dieta, possa ter noção do que lhe faz mal. Depois é só uma questão de ajustar a sua dieta, eliminando aquilo que é nocivo para si.

A nutricionista Cláudia Cunha, especializada em Dieta Baixa em FODMAP pelo King’s College em Londres, apresenta-nos uma dieta inovadora adaptada à alimentação dos Portugueses, tendo em conta os alimentos mais usados e os métodos tradicionais de confeção. Aqui encontra também cerca de 70 receitas, desde pequenos-almoços a refeições principais, passando por pães, sopas, sobremesas ou bolachas, organizadas em menus semanais, para que mais facilmente possa cumprir o seu plano.

Sinta-se mais saudável, com mais energia e sem medo de comer com esta dieta feita à sua medida.